fbpx
Close

IPVA 2020: formas de pagamento e suas vantagens

Os proprietários de veículos precisam anualmente pagar um imposto sobre esta propriedade. A sigla IPVA quer dizer Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores. O IPVA é um imposto estadual e o objetivo deste tributo é arrecadar recursos para financiar as atividades dos estados.

Vale destacar que erroneamente as pessoas relacionam este imposto com a aplicação de recursos em asfalto, manutenção de rodovias, entre outros. Na prática o dinheiro do IPVA é destinado para saúde, educação e demais itens que compõem o orçamento do setor público.

É importante reforçar que somente os Estados e o Distrito Federal é que têm competência para instituir este imposto e não há um valor único no país, portanto, cada membro da federação pode estabelecer livremente a alíquota que desejar.

O único objetivo do IPVA é arrecadar recursos, e esse imposto é cobrado somente de veículos que circulam na terra, ficando fora, por exemplo, lanchas, barcos, entre outros.

Do valor arrecadado, metade é direcionado para os cofres dos Estados e a outra metade fica no município em que o veículo foi registrado. A alíquota, ou seja, o percentual que será cobrado sobre o valor do veículo varia conforme a categoria deste veículo.

Como o imposto é calculado?

Tomemos como exemplo o IPVA do Estado de São Paulo. O valor de mercado do veículo é apurado pela FIPE que é um Instituto de Pesquisas Econômicas. Os veículos movidos à gasolina e biocombustíveis tem alíquota de 4% sobre o valor de mercado do veículo. Os veículos que utilizam somente etanol, eletricidade ou gás, 3%. Já as picapes de cabine dupla, pagam 4%. Ônibus, micro-ônibus, motocicletas, motonetas, quadriciclos e similares, 2%. Caminhões pagam 1%.

Tomando ainda como exemplo o Estado de São Paulo, o valor devido pode ser pago a vista com desconto de 3% em janeiro, ou parcela única em fevereiro sem desconto, ou ainda em três vezes, sendo a primeira parcela em janeiro, neste caso, também sem desconto.

Portanto, isso equivale a um financiamento como outro qualquer. Utilizando o conhecimento de matemática financeira apuramos uma taxa de juros de 3,13% ao mês se considerarmos o valor a vista com desconto e a opção tanto de pagar em fevereiro, como em três parcelas, ambas sem desconto.

Qual é a melhor forma de pagamento do IPVA 2020?

Como decidir sobre a forma de pagar? Comparando com a remuneração de seu dinheiro.

Sendo assim, a pergunta é: você tem dinheiro disponível para pagar o IPVA integralmente em janeiro? Se a resposta for sim, a outra pergunta é: você remunera seu dinheiro em qual percentual mensal?

Se a resposta for uma taxa inferior aos 3,13% ao mês, não há dúvida, pagar a vista é a melhor opção. Dificilmente alguma aplicação conservadora como renda fixa (incluindo a caderneta de poupança) renderá este patamar.

A análise vale também para quem pensa em tomar dinheiro emprestado nos bancos. Entre juros e impostos sobre operação financeira, a taxa terá que ser inferior a 3,13% ao mês, caso contrário, é melhor parcelar o IPVA.

Portanto, aproveitar a chegada do décimo terceiro salário e separar um valor para cobrir o IPVA de 2020 é uma ótima alternativa. Quem planeja o orçamento da casa, não passa apertado.

 

 

Com Doutorado, Mestrado e Especialização, Reinaldo Cafeo é Economista, Delegado do Conselho Regional de Economia, Consultor Empresarial em Economia e Finanças, Vice-presidente da Associação Comercial de Bauru e Diretor do Canal Planeta Economia no Youtube.

Related Posts