fbpx
Close

Empreendedorismo: Como se tornar um empreendedor de sucesso

O empreendedorismo à brasileira é conhecido pela sua espontaneidade, pois o famoso “jeitinho brasileiro” também se expressa na criatividade e ousadia dos empresários.

Segundo o relatório Empreendedorismo no Brasil, da Global Entrepeneurship Monitor, o país fechou 2017 com quase 50 milhões de empreendedores e profissionais autônomos, correspondendo a 36,4% da população.

Quem já empreende está cansado de saber, mas é fato: o jovem brasileiro precisa se preparar para enfrentar a burocracia e falta de crédito ao abrir seu negócio.

Apesar dos obstáculos, o relatório também mostra um crescimento de 50% para 57% dos empreendedores entre 18 e 34 anos, em comparação com os dados de 2016.

Isso prova que os jovens estão empreendendo mais e arriscando-se em busca do sonho da independência.

Você vai ter que controlar seu orçamento

Montar uma empresa exige investimento financeiro. Mesmo que você recorra a financiamentos ou sócios, pode precisar utilizar suas economias para tirar o negócio do papel.

Por isso, controlar as finanças pessoais é essencial. Com ajustes e cortes no orçamento, você pode guardar um bom dinheiro antes de empreender.

Dessa maneira, você tem maiores condições de separar o que é da empresa e o que é da pessoa física e corre menos riscos de se atrapalhar nas contas do negócio.

Seu diploma não quer dizer tanto assim

É verdade que algumas escolas preparam melhor os empreendedores, e a rede de contatos pode impulsionar suas chances.

Porém, seu diploma não costuma fazer tanta diferença para investidores e outros empreendedores. Ter um projeto genial e a habilidade de transformá-lo em realidade é o que realmente conta.

Você nunca mais vai faltar ao trabalho

Para ser um empreendedor bem-sucedido, você precisa estar presente todos os dias, comprometido com os resultados da empresa.

Se você acha que faltar ao trabalho é privilégio dos empresários, enganou-se: eles são os mais interessados na própria assiduidade.

Como se tornar um jovem empreendedor

Em um mundo hiperconectado e globalizado, tornar-se um jovem empreendedor pode ser ainda mais desafiador.

Segundos dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT) divulgados em 2017, 30% dos jovens brasileiros estão desempregados ­– o dobro da média mundial.

Esse é um dos principais fatores que faz com que universitários e recém-formados passem a investir no empreendedorismo e abram seus próprios negócios.

Afinal, empreendedorismo é sinônimo de autonomia e independência, por mais árduo que seja o caminho.

Desenvolva seu espírito empreendedor

Ter um espírito empreendedor já é o primeiro passo em direção ao sucesso, mas habilidades, ideias, vontade e determinação nem sempre são suficientes para chegar onde você quer.

Você precisa desenvolver aptidões para empreender de modo estratégico e evitar problemas relacionados à gestão e à relação com funcionários e clientes.

Para isso, é fundamental aprender a tomar iniciativa, liderar com eficiência e planejar o futuro.

Related Posts