fbpx
Close

5 motivos para se preocupar com a recuperação de crédito

Recuperação de crédito é uma sentença que todo mundo espera não ter que ouvir, não é mesmo? Isso porque ela está diretamente relacionada com o pesadelo de qualquer orçamento: as dívidas.

Muitas pessoas, mesmo com todo empenho em se organizar financeiramente e seguindo preciosas dicas sobre como economizar dinheiro, não conseguem escapar dessa situação.

Quando o devedor não consegue pagar sua dívida, seu nome passa a ter cadastro ativo em órgãos de defesa de crédito como

  • SPC, a Serasa e o CCF

Assim, seu CPF fica registrado como inadimplente e é preciso providenciar o pagamento dessa dívida, assim como a recuperação de crédito.

O que leva alguém a precisar de uma recuperação de crédito?

A partir do momento em que você deixa de pagar uma conta, você já está correndo esse risco.

Se você deixa de cumprir o compromisso com o pagamento de qualquer dívida, seu nome poderá ser incluído na lista de inadimplentes.

Isso porque é o próprio credor quem decide se seu nome vai ou não para a lista de inadimplentes, o que muitos optam por evitar a fim de manter um bom relacionamento com seus clientes.

Em último caso, se não houver outra forma de negociação, será enviada a você uma notificação, alertando que, se o pagamento não for feito até o prazo estipulado, seu nome ficará sujo.

Porque ela é tão importante?

A recuperação de crédito é muito importante para que o consumidor possa ter tranquilidade e liberdade novamente.

Muitas pessoas não compreendem o impacto de uma dívida não paga e perdem muitos direitos. Explicaremos a seguir 5 motivos para se preocupar com a recuperação de crédito.

1) Concessão de crédito dificultada

A restrição de crédito impede qualquer compra parcelada, empréstimos de qualquer natureza e também financiamentos.

Qualquer atividade dessa finalidade que tenha acesso ao seu CPF será bloqueada.

2) Problemas em instituições de ensino

As instituições de ensino privadas, como escolas e faculdades, podem optar por não renovar a matrícula de quem está com o CPF comprometido por inadimplência com a instituição.

3) Restrições nos bancos

Ainda que você só tenha ficado com o nome sujo uma vez na vida, os bancos podem nunca mais confiar em você novamente para concessão de qualquer tipo de crédito.

Além disso, eles podem tomar outras medidas que estão previstas como direitos da instituição bancária, como impedir a abertura de conta-corrente, bloquear cheque especial e suspender a entrega de talão de cheques.

Outro problema bancário é o uso do cheque especial, já que a conta bancária em casos mais sérios também fica negativa.

4) Dificuldade para conseguir emprego

Outro motivo para se preocupar com a recuperação de crédito pode ser o próprio futuro profissional.

Apesar de ser uma prática não permitida por lei, algumas empresas ainda vasculham o CPF dos candidatos e podem utilizar disso um fator como critério para contratação.

5) Eliminação em determinados concursos

Essa não é uma regra, mas, para alguns cargos do Banco Central, e a Casa da Moeda o candidato que estiver inadimplente será eliminado.

Pois uma das condições previstas é que o mesmo não tenha nenhuma restrição em seu nome.

Estes são cinco fatores que podem prejudicar sua vida pessoal caso você tenha ficado com o nome sujo devido a alguma dívida.

Por isso, é importante realizar a recuperação de crédito e regularizar sua situação antes que o problema fique ainda maior. Para essas situações existe o Pagou Fácil.

Uma ferramenta para gestão de cobranças e recuperação de crédito, conheça mais dos nosso serviços e saia das dívidas.

Quer saber mais sobre recuperação de crédito e outras questões relacionadas? Conheça nossos serviços.

Related Posts