fbpx
Close

Top 5 dicas para melhorar seu currículo + Modelo!

Ter um bom currículo é o primeiro passo para conseguir um emprego e pensando em te ajudar preparamos 5 dicas matadoras para melhorar seu currículo agora e aumentar suas chances no mercado de trabalho. Confira!

Mas, não se desespere! Saiba que com dicas fáceis de pôr em prática você pode ficar mais perto de um novo emprego. Com as contas se acumulando, saber como melhorar seu currículo pode ser o segredo para conquistar um novo emprego e sair do sufoco.

 

1. Cursos gratuitos da internet

Fazer uma faculdade pode exigir um esforço bem maior, principalmente se você está desempregado no momento. Ainda assim, a internet proporciona inúmeras opções de cursos online e gratuitos que podem te ajudar a melhorar o currículo.

Além disso, foque em se aprofundar nas tecnologias. Muitos de nós usamos a internet o tempo todo, mas não nos preocupamos em aprender a usar ferramentas que são muito valorizadas ainda hoje no mercado de trabalho, como o Excel, por exemplo:

Recomendamos o curso do Beto Camelini, ele é bem completo e com certeza vai te ensinar do básico ao avançado!

Aproveite a infinidade de informações disponíveis gratuitamente e saia na frente! Mais do que conquistar novas habilidades para colocar em seu currículo, você também demonstra que não ficou parado e que usou o tempo livre a seu favor.

 

2. Seja verdadeiro

Pode parecer bobagem, mas muitas pessoas ainda acreditam que para melhorar o currículo é preciso mentir ou aumentar informações – o que, na verdade, só prejudica o candidato.

Mesmo que você tenha pouca experiência no mercado de trabalho, falar a verdade é muito mais valorizado pelas empresas do que dados falsos que podem fazer com que você se enrole no momento da entrevista.

Ao invés de inventar informações para parecer um candidato mais competitivo, preocupe-se em buscar oportunidades que enriqueçam seu currículo e que possam, inclusive, proporcionar uma renda extra, como vamos te mostrar no próximo tópico.

 

3. Saiba contar sua experiência

Já te mostramos que criar novas oportunidades de renda pode ser uma boa forma de melhorar seu currículo, mas, para que seu esforço seja válido, é preciso saber como colocar todas essas experiências no papel e atribuir valor a seu trabalho.

Ao montar o currículo, encare suas realizações como oportunidades que teve para desenvolver ou aprimorar habilidades, e mostre isso aos recrutadores, deixando claro quais foram os desafios enfrentados.

Sempre coloque suas experiências, seja de trabalhos com carteira assinada ou não!

Digamos que tenha trabalhado como Uber durante 5 meses:

  • Motorista de Uber – 5 meses
  • Trabalho em tempo integral, com avaliação como motorista fornecida pelos clientes superior a 4.90.

A ideia é fazer um resumo das suas atividades, sem muitas firulas ou funções que não realizava.

 

4. Crie oportunidades de renda para melhorar seu currículo

Apesar de estar em busca de um novo emprego formal, nada impede que você aproveite seu período desempregado para realizar algum tipo de “bico” que pode te ajudar a ganhar um dinheirinho extra e, de quebra, aumentar suas experiências para o currículo.

Muitas empresas não consideram como experiência somente os empregos formais que um candidato já teve, como também valorizam muito a força de vontade de quem busca novas formas de aprender para não ficar parado. Se trabalhou como Uber durante os 5 meses que ficou desempregado, coloque no seu currículo!

Atualmente existem diversos aplicativos que podem te ajudar a ganhar uma renda extra e facilitar esse processo. Pense em tudo o que você sabe fazer bem e avalie quais habilidades poderiam torna-se uma nova fonte de renda.

 

5. Fique atento aos erros!

Depois de seguir todas as dicas anteriores, é hora da revisão! Após montar seu currículo, revise com calma e avalie se todas as informações ficaram compreensíveis. Preste atenção na quantidade de dados que inseriu: currículos muito grandes não são lidos e são descartados.

Não se esqueça de se atentar aos erros de português (erros graves podem comprometer sua seleção) e também aos padrões de formatação mais recomendados:

  • Escolha uma fonte legível e formal (fontes cursivas e estilizadas, por exemplo, não são uma boa pedida), recomendamos Arial tamanho 12;
  • Caso queira por foto, tome cuidado! Nem sempre sua foto de perfil do Facebook é a mais adequada para colocar em seu currículo;
  • Verifique se todas as informações de seu perfil (número de telefone, endereço, e-mail) estão atualizadas, pois suas chances podem diminuir caso a empresa tente contato e não consiga;
  • Organize as informações por tópicos, assim você torna a leitura mais objetiva para quem estiver avaliando seu currículo;
  • Sempre que possível, apenas fale sobre sua pretensão salarial pessoalmente. Colocar esse tipo de informação em seu currículo pode ser arriscado! Além disso você pode ser desclassificado caso sua pretensão esteja muito acima ou muito abaixo do que a empresa oferece.

Caso queira um modelo de currículo simples, que nunca falha, você pode baixá-lo clicando aqui!

melhorar seu currículo
melhorar seu currículo

 

Dica Bônus: cuidado com as redes sociais

Tome muito cuidado com o tipo de conteúdo que compartilha em suas redes sociais! Hoje em dia é muito comum que as empresas procurem pelos perfis dos candidatos nas redes sociais. Certas publicações podem eliminá-lo de seleções.

Evite compartilhar conteúdos que gerem discussões polêmicas ou que possam causar uma má impressão sobre você. Sabemos que não são poucos os casos de funcionários demitidos por conta de sua postura nas redes sociais.

É hora de traçar um plano para colocar as dicas em prática! Estar desempregado(a) pode ser uma fase ruim, mas pode ser um impulso para que você crie oportunidades de se aprimorar!

Por isso, comece o quanto antes! Preencha seu e-mail e continue recebendo dicas como essa!

Related Posts