fbpx
Close

Conta do Supermercado muito alta? Pratique essas 4 dicas!

Quem nunca levou um susto ao ver o valor total da conta do Supermercado, não é mesmo? Pois é, a maioria das pessoas já saiu das compras com aquela sensação de não ter comprado nada e, mesmo assim, ter gasto além do que deveria.

Sem dúvidas a inflação coopera para que os gastos com supermercado acabem comprometendo grande parte do orçamento dos brasileiros. Porém, existem alguns deslizes que podem contribuir para que sua conta no supermercado saia muito mais cara do que o planejado.

Listamos 4 dicas valiosas para te ensinar a comprar melhor e diminuir a conta do supermercado. Confira antes de ir às compras!

 

1. Faça lista de compras

 

Ir ao supermercado sem lista de compras é um erro clássico que a maioria das pessoas comete, e confiar na memória é uma armadilha que pode trazer inúmeras consequências para o seu bolso quando se trata de compras no supermercado.

Saber exatamente quais são os itens que precisa comprar ajuda a não te desviar do que é essencial, evitando que sofra tentações durante o caminho (além de também te ajudar a economizar tempo).

Outra vantagem é que para fazer listas, geralmente é preciso verificar o que realmente está faltando em casa, o que contribui para que você não compre itens repetidos e acabe desperdiçando algo depois.

 

Para ajudar mais ainda no controle de gastos com a conta do Supermercado:

 

Reúna todas as suas listas de compras durante o mês, bem como as notas fiscais das compras de supermercado em uma planilha ou aplicativo de controle de gastos. Assim, você conseguirá ter noção das quantidades que consumiu, e também do valor gasto com supermercado.

Isso é importante para entender qual porcentagem de sua renda tem sido utilizada com as compras, pois, ao contrário do que muitos imaginam, deve haver um limite de sua renda destinada a esse tipo de despesa sim! É mais vantagem economizar trocando as marcas por produtos mais baratos do que chegar ao fim do mês no limite do cheque especial, não é?

 

2. Faça compras semanais

 

Ir ao supermercado apenas uma vez ao mês torna mais difícil mensurar as quantidades exatas do que será consumido no período, podendo causar desperdícios – o que, além de não ser sustentável, também não é nada bom para o bolso.

Por isso, indo ao supermercado semanalmente você evita comprar mais itens do que o necessário, e também consegue aproveitar promoções esporádicas.

 

Não vá ao supermercado com fome!

 

Pode parecer uma dica boba, mas ir ao supermercado na hora da fome é uma ameaça ao controle de gastos. Com fome, são muito maiores as chances de que você perca a mão em itens supérfluos ou até mesmo na quantidade das coisas que está comprando.

Ir com muita pressa também não é o ideal, pois pode ser que você se deixe levar por promoções enganosas no ímpeto de avaliar só o preço.

 

3. Fique atento às promoções

 

Pesquisar é o grande segredo para diminuir a conta do supermercado. Por isso, uma dica muito valiosa é pesquisar nos sites dos supermercados em que costuma fazer compras para saber quais são os dias de promoções especiais. Muitos supermercados possuem dias específicos da semana em que fazem promoção para itens de hortifrúti e de açougue, por exemplo.

Assim, sabendo quais são os melhores dias, você consegue comprar produtos melhores e mais frescos por um preço bem menor do que pagaria normalmente. Além disso, pesquisando antes você também pode comparar o preço dos itens de sua lista em supermercados diferentes e descobrir qual é a melhor opção.

 

Você sabia que os produtos mais caros ficam na altura dos olhos?

 

Sim! Na próxima vez em que for ao supermercado repare nos itens que ficam acima ou abaixo da linha dos olhos, pois esses geralmente são os mais baratos.

 

Saber escolher e armazenar frutas e vegetais também ajuda na economia!

 

Ao escolher os produtos de hortifrúti, fique atento aos itens com manchas ou pequenos “machucados” em sua superfície, pois estes apresentam maiores chances de estragar mais rápido.

Além disso, se na sua casa é comum perder uma parte das frutas e vegetais comprados, aprenda como armazená-los para evitar o desperdício! Congelar polpas e fazer caldos com vegetais, por exemplo, pode ser uma alternativa para que o desperdício seja minimizado.

 

Não tenha vergonha de fazer cálculos!

 

Viu na prateleira um produto superior com preço mais baixo do que um inferior? Desconfie! São grandes as chances de que o custo-benefício seja baixo. Tenha sempre uma calculadora em mãos e não tenha vergonha de fazer cálculos. Compare quantidades, pesos, e todas as variáveis que podem influenciar no custo-benefício do produto.

 

4. Cadastre-se em clubes de fidelidade

 

Muitas redes de supermercados possuem clubes de fidelidade que oferecem vantagens aos clientes cadastrados. Portanto, se o supermercado que você frequenta possui essa facilidade, não deixe de usufruir!

Verifique sempre antes de ir às compras quais são os itens que estão na promoção e vá direto aos descontos.

 

Por fim, fuja das tentações! Em supermercados, os produtos são organizados de uma forma estudada para nos influenciar a comprar. Já reparou na quantidade de produtos aparentemente “inofensivos” que ficam dispostos a caminho do caixa? Justamente por serem produtos baratos e tentadores (como chicletes, chocolates, balas, produtos de pacotes, etc.) somos influenciados a comprá-los sem nem perceber.

Por isso é importante analisar seu comportamento de compra e seguir todas essas dicas para diminuir a conta do supermercado e não acabar refém do cheque especial. E, falando nele, já viu nosso artigo falando especialmente de cheque especial? Clique aqui e confira dicas para fugir dele!

 

Gostou dessas dicas? Você pode receber muito mais! Cadastre seu e-mail e receba novidades toda semana.

Related Posts